Consultor Contador Especializado em Autopeças, Oficinas mecânicas

Dicas para Montar uma Autopeças, Oficina Mecânica com pouco Dinheiro

Muita gente sonha em empreender, trabalhar com o que gosta e poder ser seu próprio chefe. Ter seu próprio negócio vai muito além de aumentar sua renda e exige muita dedicação e planejamento e conhecimento sobre o ramo.

Consultor Contador Especializado em Autopeças, Oficinas mecânicas

O ramo de autopeças vem crescendo no Brasil e abrir seu negócio de peças automotivas pode ser um ótimo investimento. A grande vantagem é que é possível começar seu negócio com pouco dinheiro. Não sabe como? A gente te conta como. Confira esse conteúdo com dicas valiosas para te ajudar nessa empreitada.

Como montar uma autopeças?

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que preciso estudar bastante, afinal é um mercado com outros negócios do mesmo ramo que já estão consolidados.

A nossa primeira dica é quanto a localização do seu negócio. Procure um local que seja próximo de mecânicas automotivas, assim facilita muito na hora de atrair possíveis clientes.

A nossa segunda dica é quanto à estrutura: um dos principais móveis em uma autopeças é o balcão. O balcão deve ser grande o suficiente não apenas para atender os clientes, mas também para posicionar expositores de produtos . É possível encontrar balcões usados em bom estado para começar seu negócio.

O ideal é dar preferência a balcões com vitrines na parte de baixo, as quais já podem ser utilizadas para expor os produtos mais vendidos, exclusivos ou em oferta. Além do balcão, é necessário calcular de acordo com o espaço disponível a quantidade de estantes e prateleiras onde ficam as peças automotivas. É importante pensar também nos móveis de escritórios e equipamentos como computadores, impressoras de cupom fiscal, leitores de código de barras; bancos nos balcões para os clientes em atendimento também é interessante.

Que tipo de peças vender?

Quando se fala em peças de um carro, são muitas! E elas podem ser divididas em peças de motor, peças elétricas, peças de suspensão, peças de direção, peças do sistema de arrefecimento, peças de acabamentos, peças do sistema de ignição, peças eletrônicas, acessórios, escapamento, bateria, vidros etc.

Então se a ideia é abrir um negócio com pouco dinheiro, o ideal é focar em alguns grupos de autopeças e ir aumentando com o tempo.

Algumas peças automotivas tem mais rotatividade que outras, então foque nos produtos mais consumidos, como aqueles que precisam ser substituídos em revisões por exemplo.

– Peças do motor: bomba d’água, correia dentada, tensores, juntas etc.
– Peças de freio: disco de freio, tambor de freio, mangueiras, pastilhas de freio, lonas e sapatas de freio etc.
– Sistema de ignição: cabos de velas, velas de ignição e bobinas, por exemplo.
– Filtros: de ar, óleo, combustível e ar-condicionado.
– Lubrificantes: óleo para motor, câmbio e direção hidráulica, além de aditivos para radiador e fluído de freio.
– Peças de suspensão: buchas de bandeja, pivôs, amortecedores, coxins, calços, bandejas, coifas, batentes etc.
– Peças de direção: terminais de direção, coifas, terminais axiais, hastes etc.
– Outros produtos e peças: palhetas de limpador, antiferrugem, colas etc., são exemplos de produtos que têm boa saída.

Bons fornecedores, o segredo do sucesso

Oferecer qualidade é uma grande obrigação hoje em dia quando se fala em abrir um negócio. Então para que seu negócio de autopeças caminhe para frente, procure ter bons fornecedores e busque sempre um distribuidor de autopeças de reconhecimento e qualidade.

Via: terra

, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *